Google fecha Google Plus após expor dados de meio milhão utilizadores

Google fecha Google Plus após expor dados de meio milhão utilizadores

Falha de segurança na Google Plus, rede social do Google, expôs dados de meio milhão de pessoas a programadores de aplicações externas. A empresa arrastou a ideia até decidir agora fechar o serviço…

A notícia é recente e dá conta de que o Google+ vai fechar. Foi a própria gigante das pesquisas que o anunciou, mas de forma muito discreta e sem avançar as verdadeiras razões para que este movimento seja feito.

Empresa ocultou a informação durante sete meses. Só esta segunda-feira é que a Alphabet, empresa-mãe do Google, tornou a informação pública, anunciado uma série de medidas que passam pelo encerramento do famigerado Google+.

Segundo uma investigação do Wall Street Journal (WSJ), a vulnerabilidade existia desde 2015 mas só foi detectada pelo Google em Março de 2018. Um memorando interno a que o jornal teve acesso mostra que funcionários da empresa esconderam a existência e a gravidade da falha durante os últimos sete meses porque, de acordo com a equipa jurídica da companhia, o Google não estava legalmente obrigado a revelar o incidente ao público.

O processo de fim desta rede iniciar-se-à nas próximas semanas e terá o seu fim em agosto de 2019, altura em que será definitivamente encerrada para os utilizadores. Curiosamente a Google tem planos para deixar a vertente direcionada a empresas ativa.

Recorde-se que a ideia e a intenção da Google de criar uma rede social tem muitos anos. Já foram várias as tentativas que a gigante das pesquisas fez mas nunca teve sucesso.

Deixar um comentário

captcha